12 Dias Fazendo Jejum Intermitente Resultados com Fotos

Oi amores, tudo bem?
Hoje o assunto é saúde e bem estar!
Quem me acompanha no instaram @jaciarablog já sabe que a 13 dias eu comecei a fazer o jejum intermitente. Um dos maiores motivos que me levou ao jejum intermitente, foi a fadiga constante, a falta de animo e o ganho de peso descontrolado nos últimos meses, isso estava me incomodando bastante.

Bom, eu sempre tive curvas, praticava esportes e nunca tive problemas com peso, até que veio a gestação, a má alimentação e o sedentarismo, tudo isso junto me levou a ganhar aquela famosa “pochete” a barriguinha, braços grossos (eu sempre tive, mas só piorava) e as odiosas celulites sem controle, o pior de tudo é a fadiga, pois alguns minutos brincando com meu filho já era o bastante para ficar ofegante, batia aquele cansaço de exaustão e logo desistia de brincar, isso era frustrante me sentia sem energia nenhuma e o pior, quanto mais eu pensava em dietas mais me dava vontade de comer, o que me deixava ainda mais triste.
Foi então que, percebi que primeiro, eu precisava cuidar da minha mente, mudar meu jeito de ver a comida, pois estava vendo como uma válvula de escape “minha felicidade momentânea”.

Comecei a fazer meditação todos os dias, com o intuito de melhorar a minha visão sobre a comida, isso levou uma semana, até que finalmente comecei a pesquisar como melhorar minha alimentação, sem ter que seguir uma dieta regrada e buscar a melhor forma de me alimentar bem e me movimentar sem me pressiona (assunto par outro post) , entre uma pesquisa e outra, cada vez mais sentia mais vontade de melhorar a minha saúde.

De tanto ouvir falar sobre o Jejum Intermitente resolvi pesquisar mais sobre o assunto, afinal eu passei a minha vida fazendo uma ou duas refeiçoes por dia, pois sempre tive o habito de fazer minha primeira refeição depois das 14hrs ( acredito hoje, que esse era o motivo de não ter problemas com o peso), ficar sem comer por longas hora, nunca foi um problema pra mim, porem a mais ou menos 8 meses a traz eu aprendi a comer pela manhã e foi a partir dai que o meu peso mudou completamente, pois mesmo com a barriguinha sempre me mantinha oscilando de 2 a 3 kg a mais ou a menos e dessa vez foi quase 10k a mais, levando em consideração que já estou nos 30 e o metabolismo tende a ficar mais lento, em pouco tempo eu etária em um grau de obesidade,  por consequência afetaria a saúde, como já vinha afetando.

Pensar na saúde foi o que me motivou a buscar algo, para melhorar os meus hábitos alimentares, e foi ai que o jejum se tornou a minha escolha.


Está gostando? Compartilhe!


Como estou fazendo o Jejum intermitente?

Bom, já fazia mais de 8 meses que me habituei a fazer a primeira refeição as 8 da manhã, então decidi começar o meu jejum de 12hrs sem comer e intercalando 1 dia sim um dia não, agora depois de 13 dias intercalados de 12 horas de jejum, pretendo aumentar para 14hors, a minha intenção é chegar em 16hrs, pois só depois de 8 a 12 horas após a última refeição é que você entra no jejum( veremos esse ponto a seguir).

12 horas sem comer falando assim, parece muito, mas eu posso garantir que não é, pois boa parte desse tempo passamos dormindo.

No meu caso por exemple:
– Paro de comer as 22hrs e só volto a comer novamente as 10hrs do dia seguinte, durante esse tempo só é permitido ingerir água. Pela manhã eu tomo o café sem açúcar.
– Agora com o aumento de duração do jejum começarei as 22hrs e só vou comer as 12hrs do dia seguinte.
Esses foram os resultados que já obtive, em 12 dias.

O que é jejum intermitente e por que Fazer?

O jejum intermitente não é uma dieta, é um padrão de comer. É uma maneira de agendar suas refeições para que você aproveite ao máximo. O jejum intermitente não muda o que você come, ele muda quando você come.

Por que vale a pena mudar quando você está comendo?

Bem, é uma ótima maneira de se emagrecer sem seguir uma dieta louca ou cortar suas calorias para nada. Na verdade, na maioria das vezes, você tentará manter suas calorias, mesmo quando começar o jejum intermitente. (A maioria das pessoas come refeições maiores durante um período de tempo mais curto). Além disso, o jejum intermitente é uma boa maneira de manter a massa muscular enquanto fica magra.

Com tudo , a principal razão pela qual as pessoas tentam o jejum intermitente é perder gordura.

O jejum intermitente é uma das estratégias mais simples que temos para tirar um e cesso de peso, mantendo um bom peso, pois requer muito pouca mudança de comportamento. Isso é muito bom porque significa que o jejum intermitente cai na categoria de “simples o suficiente para que você realmente o faça, mas o suficiente para que ele realmente faça a diferença”.

Como funciona o jejum intermitente?

Para entender como o jejum intermitente leva à perda de gordura, primeiro precisamos entender a diferença entre o estado alimentado e o estado em jejum.

Seu corpo está no estado alimentado quando está digerindo e absorvendo alimentos. Normalmente, o estado alimentado começa quando você começa a comer e dura três a cinco horas, pois seu corpo digere e absorve o alimento que você acabou de comer. Quando você está no estado alimentado, é muito difícil para seu corpo queimar gordura porque seus níveis de insulina são elevados.

Após esse período, seu corpo entra no que é conhecido como o estado pós-absorção, que é apenas uma maneira elegante de dizer que seu corpo não está processando uma refeição. O estado pós-absorção dura de 8 até 12 horas após a última refeição, que é quando você entra no jejum. É muito mais fácil para seu corpo queimar gordura em jejum porque seus níveis de insulina são baixos.

Quando você está no jejum, seu corpo pode queimar gordura que tenha sido inacessível durante o estado alimentado.

Porque não entramos em jejum até 12 horas após a última refeição, é raro que nossos corpos estejam em estado de queima de gordura. Esta é uma das razões pelas quais muitas pessoas que iniciam o jejum intermitente perderão gordura sem mudar o que comem, quanto comem ou com que frequência exercitam. O jejum coloca seu corpo em um estado de queima de gordura que você raramente o faz durante um horário de alimentação normal.

Os benefícios do jejum intermitente

A perda de gordura é excelente, mas esse não é o único motivo para experimentar o jejum intermitente.

1. O jejum intermitente torna seu dia mais simples.

O jejum intermitente proporciona simplicidade adicional à minha vida o que eu realmente gosto muito. Quando eu acordo, não me preocupo com o café da manhã. Eu apenas agarro um copo de água ou café sem açúcar (não da pra ficar sem, risos) e começo meu dia.

2. O jejum intermitente ajuda você a viver mais tempo.

Os cientistas sabem há muito tempo que restringir calorias é uma forma de prolongar a vida. Do ponto de vista lógico, isso faz sentido. Quando você está morrendo de fome, seu corpo encontra formas de ampliar sua vida.

Há apenas um problema: quem quer morrer de fome em nome de viver mais?

Eu não sei você, mas estou interessado em desfrutar de uma longa vida. E morrer de fome não parece tão apetitoso.

A boa notícia é que o jejum intermitente ativa muitos dos mesmos mecanismos para prolongar a vida como restrição calórica. Em outras palavras, você obtém os benefícios de uma vida mais longa sem o incômodo da fome.

3. O jejum intermitente pode reduzir o risco de câncer.

Este é um debate porque não houve muita pesquisa e experimentação sobre a relação entre câncer e jejum. Os primeiros relatórios, no entanto, parecem positivos.

Este estudo de 10 pacientes com câncer sugere que os efeitos colaterais da quimioterapia podem ser diminuídos pelo jejum antes do tratamento. Esse achado também é apoiado por outro estudo que usou o dia alternado em jejum com pacientes com câncer e concluiu que o jejum antes da quimioterapia resultaria em melhores taxas de cura e menos mortes.

Finalmente, esta análise abrangente de muitos estudos sobre jejum e doença concluiu que o jejum parece não só reduzir o risco de câncer, mas também a doença cardiovascular.

4. O jejum intermitente é muito mais fácil do que fazer dieta.

A razão pela qual a maioria das dietas falham não é porque mudamos para alimentos errados, é porque na verdade não seguimos a dieta a longo prazo. Não é um problema de nutrição, é um problema de mudança de comportamento.

Este é o lugar onde o jejum intermitente brilha porque é extremamente fácil de implementar uma vez que você supera a ideia de que você precisa comer o tempo todo. Por exemplo, este estudo descobriu que o jejum intermitente era uma estratégia eficaz para a perda de peso em adultos obesos e concluiu que “assuntos se adaptam rapidamente” a uma rotina de jejum intermitente.

Bom minhas linda, espero que tenham gostado!
A cada 10 dias eu volto para mostra a evolução.

Curta e compartilha!